Camedórea

DSC03569

Nome científico: Chamaedorea elegans
Nomes populares: Camedórea, Camedória elegante, Chamaedorea, Palmeira de interior
Família: Arecaceae
Clima: Palmeira de clima tropical com boa tolerância ao frio.
Origem: Florestas nativas do sudeste do México, norte da Guatemala e Belize.
Altura: De 2-3 m. Em vasos cresce proporcionalmente ao tamanho do vaso. Quando o vaso ficar pequeno é a hora de trocar por outro maior.
Luminosidade: Planta de ambientes sombreados ou meia sombra. Evite contato com o sol, bem como exposição a ventos fortes. O sol queima as folhas.
Ciclo de Vida: Perene
Descrição: Planta de agradável aparência, com folhas pinadas verde escuras dentre as quais surgem inflorescências alaranjadas. Os frutos são pequenos e escuros. O crescimento é bem lento.
Local de cultivo: Externamente na sombra. Em interiores, sempre com luz indireta, adapta-se em vários tipos de recipientes. Plantada em tufos, com várias outras mudas tem-se um efeito muito bonito.
Substrato: Utilize solos leves, bem drenados, mantendo moderada umidade. Gosta de turfa e húmus.
Água: Molhe bem a planta quando a parte superficial do solo estiver seca, até ver a água sair pelos orifícios na base do vaso.
Temperatura: Ideal – de 26 a 28ºC Mínima – 12 a 18ºC
Adubação: Mensalmente na estação de crescimento, reduzindo nos demais períodos e parando na estação fria. Aprecia adubos orgânicos.
Propagação: Principalmente por sementes na primavera. Também pode-se produzir mudas de brotos que surgem junto a base. A troca de vaso ocorre a cada 2 anos.
Pragas, doenças e outros problemas: Não ocorrem grandes problemas com esta planta mas podem aparecer cochonilhas e ácaros. Quanto a doenças pode-se citar a podridão negra das raízes e manchas fúngicas nas folhas.
Outras considerações: É uma planta que se adapta bem ao ambiente de fontes de água.

DSC03568

Anúncios